Espartanos é um espetáculo jovem que explora o universo masculino adolescente para abordar a temática da violência contida nos jogos de videogame e computador. Na história, quatro amigos são levados a traçar um paralelo entre a violência dos jogos com a do mundo real.

 

Um grupo de quatro amigos, moradores do mesmo condomínio de classe média de São Paulo, fazem parte de um "clã" dentro do famoso jogo Espartanos, que virou uma febre entre os jovens. O jogo fictício consiste numa série de batalhas sangrentas travadas por clãs de escravos guerreiros, dentro de um anfiteatro romano. Tendo um de seus integrantes um jogador extremamente habilidoso e de destaque, o clã se tornou coisa séria, quando eles ganharam a oportunidade de disputar o campeonato nacional, e assim, tiveram que começar a treinar de verdade.

 

Acontece que, em paralelo aos treinos, um ocorrido no condomínio que envolve uma cena de séria violência, foi filmada e espalhada pelos celulares através dos grupos de WhatsApp, e acaba mudando o jeito como eles enxergam a vionência, botando a perder a chance de ganhar o campeonato.

 

PROPOSTA

 

O espetáculo propõe a questão da violência de maneira a desmistificá-la como algo "natural" do ser humano. A discussão do que é a violência nos jogos de video-game, mediados por interfaces, e do seu contraste com a vida real, propõe que não deixemos os jogos de lado, mas que passemos a pensar sobre o assunto, e decidir que tipo de ato violento somos capazes de cometer, seja dentro ou fora dos jogos.

 

O espetáculo ainda aborda a questão "justiça com as próprias mãos",  muito em voga entre os adolescentes e em uma realidade onde, por meio das redes sociais, todos se porta como juízes e executores uns dos outros.
 

1/11

Elemento Cultural

 

Rua Uruana, 84 - Vila Mariana - São Paulo, SP 04019-070

 

Tel:  (11) 99440-8705

 

Siga:

 

  • Facebook Classic
  • Instagram Social Icon
  • Twitter Classic
  • YouTube Social  Icon